Publicado em 13/09/2017 09h44

Estilista lança moda e cria “look do dia” para pessoas mortas

Inspiração para investir nesse ramo veio após a morte de um familiar

Uma estilista, de 17 anos, decidiu inovar na carreira e começou a desenhar roupas customizadas para pessoas doentes que estão em estado terminal.

Para se aprofundar no assunto, Pia Interlandi chegou a fazer um projeto de doutorado sobre roupas de funeral. “Sempre fui interessada no efêmero e na transiência”, disse, em entrevista.

Segundo ela, as melhores opções para esse tipo de roupa são tecidos de fibra natural, como algodão, linho, lã e seda, que se decompõe naturalmente, assim como o corpo humano.

A inspiração para investir nesse ramo veio após a morte de um familiar. “Foi um jeito de cuidar dele, mesmo depois do fim da vida”, relatou. As informações são do site R7.

Autoria: R7

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
Copyright 2015-2017 © www.reconcavoagora.com.br - Todos os direitos reservados
jornalismo@reconcavoagora.com.br • Tel/WhatsApp: (75) 99701-8515 / (71) 99246-7277
Desenvolvimento: Tecnosites